Parques Eólicos

Share Image

Desde há muito tempo que a humanidade utiliza diversas formas de energia renovável. As aplicações mais conhecidas e tradicionais são as azenhas, que aproveitam a energia potencial inerente a um desnível e queda de água,...

    Clientes

    Produzimos, transportamos, distribuímos e comercializamos energia na Região Autónoma da Madeira, de forma ambientalmente sustentável, satisfazendo os requisitos e expectativas dos nossos clientes.

    EEM, Energia, Electricidade, Produção, Transporte, Distribuição, Comercialização, RAM, Região Autónoma da Madeira, Ambiente, Sustentabilidade, Cliente, Serviço, Rede Elétrica, Qualidade

    Parques Eólicos

    Desde há muito tempo que a humanidade utiliza diversas formas de energia renovável. As aplicações mais conhecidas e tradicionais são as azenhas, que aproveitam a energia potencial inerente a um desnível e queda de água, os moinhos de vento e os barcos à vela, ambos os quais usufruem da energia contida nas camadas de ar em movimento.

    Analogamente, há já algum tempo que as sociedades utilizam a energia cinética do vento para fazer rodar turbinas com pás semelhantes às de uma hélice de avião, produzindo, desse modo, energia eólica. O movimento assim obtido é transmitido através de um veio a um gerador, instalado no topo de torres de suporte, que produz energia elétrica.

    Os últimos 20 anos foram decisivos para a evolução dos aerogeradores. Incentivadas pelo aumento significativo dos custos dos combustíveis e pelas campanhas de sensibilização pública organizadas por diversos movimentos ecológicos, várias companhias energéticas investiram montantes apreciáveis de recursos financeiros e técnicos na pesquisa e aperfeiçoamento de alternativas viáveis e economicamente responsáveis ao uso de energias não-renováveis. Atualmente, os problemas de arranque, estabilidade e interligação com a rede elétrica, que ensombraram as fases iniciais desse processo de pesquisa estão resolvidos, possibilitando o estabelecimento de inúmeros geradores de energia eólica, não só em Portugal, mas em muitas outras áreas do globo.

    Apesar destes desenvolvimentos, o uso de energia eólica apresenta três problemas distintos: em primeiro lugar, porque está disponível apenas nas massas de ar em movimento, não é facilmente controlável; em segundo lugar, não pode ser armazenada; em terceira lugar, a variação de velocidades e direções dos ventos criam problemas de instabilidade na tensão e frequência da rede elétrica. Embora o avanço da tecnologia associada à eletrónica de potência tente atenuar estes efeitos secundários, ainda não é possível evitar investimentos noutro tipo de centrais devido à própria sazonalidade e intermitência da movimentação dos ventos.

    Na Região Autónoma da Madeira existem 12 parques eólicos ligados à rede, 11 na Madeira e 1 no Porto Santo. Em 2022, a potência eólica instalada ascendia a 63,1 MW e 0,66 MW, nas ilhas da Madeira e do Porto Santo, respetivamente.

     

    Atualizado em 23/01/2024 15:49 por Francisco Alves.

    Conteúdo não disponível

    Conteúdo não disponível em ecrãs de pequenas dimensões