INSULAE

Share Image

Saiba mais O bem-estar da nossa ilha e do planeta pede uma mobilidade mais verde, com menos carbono e maior recurso a energias renováveis.  O PROJETO INSULAE MADEIRA põem à prova dois demonstradores para carregamento...

    Empresa de Electricidade da Madeira | EEM

    Produzimos, transportamos, distribuímos e comercializamos energia na Região Autónoma da Madeira, de forma ambientalmente sustentável, satisfazendo os requisitos e expectativas dos nossos clientes.

    EEM, Energia, Electricidade, Produção, Transporte, Distribuição, Comercialização, RAM, Região Autónoma da Madeira, Ambiente, Sustentabilidade, Cliente, Serviço, Rede Elétrica, Qualidade

    INSULAE

    Ue Acordosubvencaopt


    Saiba mais

    O bem-estar da nossa ilha e do planeta pede uma mobilidade mais verde, com menos carbono e maior recurso a energias renováveis. 

    O PROJETO INSULAE MADEIRA põem à prova dois demonstradores para carregamento de Veículos Elétricos (VE) através de soluções inovadoras que promovem o carregamento com energia 100% renovável.
    Este é um projeto pioneiro que visa colocar a ilha da Madeira no mapa da descarbonização dos sistemas energéticos das ilhas da UE, com recurso a soluções tecnológicas inovadoras. 

    Insulaelogo

    As iniciativas deste projeto na Madeira estão integradas num programa mais vasto - o INSULAE -, um programa cofinanciado pela Comissão Europeia, integrado no Programa Horizonte 2020, que visa aumentar a descarbonização dos sistemas energéticos das ilhas da União Europeia com recurso a soluções tecnológicas inovadoras. O projeto teve o seu início em abril de 2019 e tem uma duração de 4 anos. O orçamento total ascende a 12 milhões de euros, estando estimado um montante de, aproximadamente, 1 milhão de euros para a RAM.

    As atividades de desenvolvimento e demonstração do projeto serão realizadas em três ilhas “farol” localizadas na Croácia (Unije), Dinamarca (Bornholm) e Portugal (Madeira). As atividades contemplam um conjunto de intervenções constituídas por vários casos de teste cujos os resultados permitirão validar uma ferramenta de apoio à decisão e de planeamento de investimentos (Investment Planning Tool, IPT) em sistemas elétricos, com energias renováveis, em ilhas. Consequentemente, quatro ilhas designadas de “seguidoras” localizadas em Espanha, Alemanha, França e Grécia serão utilizadas para aferir a capacidade do uso dos casos de teste, a fim de se definir um conjunto de planos de ação adaptados às particularidades das ilhas, no intuito de aumentar a contribuição de renováveis em cerca de 10%, nas ilhas.

    O projeto envolve 26 parceiros a nível Europeu, sendo que a nível regional estão envolvidas diretamente 2 entidades locais (EEM e a ACIF-CCIM), para além de outras entidades nacionais e estrangeiras (Efacec, CIRCE e CERTH). As demonstrações na ilha da Madeira irão incidir sobre a eletrificação dos transportes e o armazenamento energético como formas de melhorar a segurança e a qualidade da energia na rede de distribuição. Estas serão realizadas em dois locais piloto localizados nos concelhos do Funchal e Câmara de Lobos.

    Insulaeislands

    •  Demonstrador de Mobilidade Elétrica Sustentável (Descarbonização dos Transportes):

    A primeira demonstração tem como objetivo a eletrificação dos transportes com vista ao controlo de frequência e tensão da rede. No decorrer do projeto, a atual infraestrutura de carregamento de veículos elétricos da região será atualizada com mais quatro postos V2G (Vehicle-to-Grid) de 10 kW, dois postos de carregamento inteligente rápidos de 60 kW, e um posto rápido de 50 kW baseado em conversores com tecnologia Fully SiC. Todos estes postos de carregamento irão integrar funcionalidades de suporte à frequência e à regulação da tensão, sendo que será desenvolvido um sistema de controlo que irá gerir toda a infraestrutura de carregamento de uma forma integral;

    • Demonstrador de Armazenamento Energético para Estabilização de Micro-Redes:

    A segunda demonstração pretende implementar um sistema de armazenamento para a estabilização de redes e micro-redes elétricas menos resilientes e com pouca estabilidade na tensão (V). Um sistema de armazenamento de 100 kW/ 100 kWh será integrado para fornecer serviços auxiliares a uma micro-rede menos resiliente, que em conjunto com um inversor e um controlador permitirão a estabilização da rede e a operação em modo ilha. 

    A EEM tem como função principal a integração destas novas tecnologias na rede elétrica, como também prestar apoio técnico e logístico aos restantes parceiros do INSULAE. A ACIF-CCIM será responsável por implementar a estratégia de comunicação e divulgação do projeto INSULAE na Madeira, nomeadamente através de workshops e sessões de apresentações públicas. O desenvolvimento tecnológico das demonstrações vai ficar à responsabilidade do parceiro nacional Efacec e dos parceiros europeus CIRCE e CERTH.

    Para mais informações consulte o site do projeto INSULAE.

     

    Atualizado em 09/05/2024 15:40 por Francisco Alves.

    Conteúdo não disponível

    Conteúdo não disponível em ecrãs de pequenas dimensões