Central dos Socorridos

Share Image

O Aproveitamento de Fins Múltiplos dos Socorridos é seguramente uma das maiores obras hidráulicas construídas na RAM. Projetado para atingir simultaneamente três objetivos, o sistema é destinado ao abastecimento de...

    Centrais hidroeléctricas

    Produzimos, transportamos, distribuímos e comercializamos energia na Região Autónoma da Madeira, de forma ambientalmente sustentável, satisfazendo os requisitos e expectativas dos nossos clientes.

    EEM, Energia, Electricidade, Produção, Transporte, Distribuição, Comercialização, RAM, Região Autónoma da Madeira, Ambiente, Sustentabilidade, Cliente, Serviço, Rede Elétrica, Qualidade

    Central dos Socorridos

    O Aproveitamento de Fins Múltiplos dos Socorridos é seguramente uma das maiores obras hidráulicas construídas na RAM.

    Projetado para atingir simultaneamente três objetivos, o sistema é destinado ao abastecimento de água ao Funchal e a Câmara de Lobos, à regularização dos caudais de rega e à produção de energia elétrica.

    A central hidroelétrica dos Socorridos entrou em funcionamento no ano de 1994 e encontra-se localizada na margem direita da Ribeira dos Socorridos, à cota de 89 metros, no sítio do Engenho Velho, freguesia e concelho de Câmara de Lobos.
     
    Esta central utiliza águas drenadas até ao Covão, por um sistema de túneis, canais e captações de que se refere:

    • Túnel da Encumeada, com uma extensão de 2.850 metros, aduz à obra hidráulica da Serra de Água o caudal proveniente da levada da Fajã do Rodrigues, captações nas ribeiras da Vargem e das Feijocas e o que nasce em pleno túnel. Em 2003 entrou em serviço o túnel da Ribeira Grande de S. Vicente com uma extensão de 1.893 metros;

    • Túnel do Canal do Norte, com uma extensão de 2.768 metros com início na obra hidráulica da Central da Serra de Água, conduzindo todo o caudal afluente do túnel da Encumeada, assim como o turbinado na Central de Serra de Água e que exceda as necessidades do regadio, bem como o das captações das ribeiras do Poço e Alviães, não utilizados em usos locais, regadio e abastecimento público;

    • Túnel do Pico Grande, com uma extensão de 2.921 metros, conduz até à confluência dos túneis no Curral das Freiras o caudal afluente do túnel do Pico Grande, e captações na obra hidráulica da Ameixieira;

    • Túnel do Curral das Freiras, com uma extensão de 1.818 metros, conduz até à obra hidráulica da Terra Chã (confluência dos túneis) o caudal, essencialmente de Inverno, escoado pela Ribeira dos Socorridos e não utilizado no regadio, captado na Fajã Escura por intermédio de um travessão no leito da ribeira que forma uma albufeira com cerca de 2.000 m3 de capacidade e um canal com 150 metros de extensão;
       
    • Túnel dos Socorridos, com uma extensão de 4.991 metros, conduz os caudais afluentes até à câmara de carga do Covão, sendo os mesmos posteriormente turbinados na Central dos Socorridos, após subtração dos caudais destinados ao abastecimento público do concelho de Câmara de Lobos (estação de tratamento do Covão) e os destinados a Santa Quitéria, turbinados na respetiva Central e entregues à estação de tratamento com o mesmo nome, contígua à central.

    A contribuição média anual desta Central é de cerca de 40 GWh.

    Ver mais informações

    Central Dos Socorridos

    Atualizado em 23/01/2024 16:13 por Francisco Alves.

    Conteúdo não disponível

    Conteúdo não disponível em ecrãs de pequenas dimensões